quinta-feira, novembro 01, 2007

Pinha

Ainda do fim de semana passado, uma foto comigo a carregar o meu querido Manuel!
Still from last weekend a foto of me carrying my dear Manuel!
Um tecido que ainda não sei se é bonito, ou não...
A piece of fabric I still don't know if I like...
E um encontro com a infância, que partilhei com o meu Rafa... Uma pinha das que tem pinhões dentro, que o meu pai querido costumava abrir e...
And going back to my childhood, sharing it with my Rafa... a Pine that have seads in it, that my dear father used to open...
Desfolhar, retirando os pinhões para nós... (eu e a minha irmã)! Acho que hoje poucos miúdos sabem de onde vem os pinhões... e esta pinha parece ter sido abandonada na rua por alguma criança que andava a pedir guloseimas na rua:) Obrigada!
And take out the seads for us (my sister and I)! I guess few kids today know where these seads come from... and this pine seeems to have been abandoned by some child who was asking for treats:) Thanks!

4 comentários:

Tereclopes disse...

Lindas fotos, afinal a pinha não era uma pinha qualquer. Fizeste muito bem em mostrá-la, porque realmente existem muitas crianças que não sabem de ondem vêem os pinhões.
Que lindo o Manuel...
:)

claudia disse...

Lindas fotos! ;)
As pinhas também me levam de volta à infância, na escola onde eu andava havia imensos pinheiros e nós no recreio abríamos os pinhões com pedras... as pinhas q encontro hoje estão sempre vazias! Tiveste sorte! Beijinho!

Soph disse...

Just like me!!!
E que saudades de ouvir os berros da minha mãe:
Sofiaaaaaaaaa tira as mãos da resinaaaaaaaaaaa!!!

... e lá ficava eu toda "pegajosa" mas deliciada com tantos pinhões!!!

O tecido é giro!!! O que vais fazer com ele???

Miss You.. Big!!!

;)

Beijinhooooooooo e um excelente fim-de-semana!!!

Gisele Schoene disse...

Manuel esta fofinho na foto (lindos os quilts no fundo!).
Ah! Eu tambem nunca vi pinha com pinhoes, as daqui e do Brasil so' tem sementinhas pequenas. Uma pena, pois Gabriel adora coletar pinhas, se tivessem pinhoes teriamos um monte para fazer pesto!